sábado, 30 de janeiro de 2010

screaming

I'll stay here to the end
.... where are you? will you come to rescue me? 
 
 

... em vão, inutilmente achei que eu fosse capaz de compreender o presente, mas ele continua a rir de mim.

Lamento ter ido pelo caminho errado e ter me sacrificado tentando enxergar alguma luz - eu vou seguir meu coração, não importa o quão destroçado ele está agora - e por mais que negue, eu clamo por seu nome em silêncio, nas gélidas noites que finjo descansar...
Colocando os braços sobre meus ombros, um abraço imaginário, um abraço para fugir da realidade.
E rapidamente, sorrisos acompanharam as lágrimas.







I believe in you.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

windbringer, please

...
bring me the love and catch me when I fall.

afundei no erro de achar que nunca mais veria aquele brilho envolvente... dominante e perigoso, fingiu tomar-me e agora despediu-se com um singelo sorriso... você agora se foi, eu te perdi.


Me policiei a ficar presa a mim mesma - no aguardo de decisões, de punições.
Eu quero que essa tortura cure minha doença, meu desejo, minhas intenções
Eu quero que essa tortura me traga liberdade
Eu quero que essa tortura me leve até o fim
Eu quero minha vida de sempre...











Desistí, estou pronta para o fim, a neve está cada dia mais gelada, 
entreguei-me, acabe comigo e com o que resta de mim.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

gimme some good reason

to stay here.



Just feeling... confused
Perversão e ambição...
Se é que isso me leva a algum lugar, eu excluí toda a minha paciência. Ela era necessária, e agora, destruída. Eu estava querendo fazer tudo certinho demais, mesmo que as coisas nunca fossem certas...
Fiquei apagada, cinzenta... fui queimada de todo o jeito, de vezes prazerosas a amargas...
Eu não quero decepcionar a mim mesma.
E se algo me mantém viva agora, por favor, me acorde, me leve a realidade...


Me perdi na ilusão de um dia, ter vencido...

domingo, 24 de janeiro de 2010

Coldness


Just not feeling...
"And the joy I feel, are joys of emptiness."


E tudo ficou tão frio de repente. Era possível ver a minha respiração e suspiros - o local tornou-se agora sombrio - e não havia motivos para isso. As pessoas passavam e mesmo que sorrissem, eu sabia que tudo era indiferente, e que meu coração estava virando pedra.
Eu cacei todo o tipo de divertimento ou entretenimento. Mesmo que minha cabeça insistisse em pensar em coisas proibidas, ou que me fizessem mal, eu continuava nula e incapacitada.
Como eu poderia me fazer de forte num momento em que eu me sentia mais frágil? E por mais rouca que estivesse, todo e qualquer timbre da minha voz me deixava em cólera. Mesmo que não soubesse e nem fizesse questão de saber para onde iria ou onde estava, eu permanecí... Perdida e quem sabe, abandonada.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Emptiness


Just feeling tired...
Ninguém consegue enxergar o imenso vazio nos meus olhos. Procuro aparentar felicidade, mas a incapacidade chega a falar mais alto, e impede até o fingimento... Quem dera poder fingir algo que transmita alegria... Alegria agora está tão distante de mim... De que adianta então, alegria falsa se transformaria em uma verdadeira tristeza. Mas a apatia já toma conta. A falta de emoções, a falta e necessidade de tudo. E nada agora é tão fácil como eu imaginei que fosse... como nunca na verdade foi. Mas o que é verdade pra mim agora?...
A verdade está me conturbando. A verdade é a qual fica cada dia mais forte e tudo o que ela precisa pra se dissolver até sumir é uma palavra. Mas não quero que ela se dissolva... Não quero que ela suma... Ela vai continuar aqui presente.

Vou voltar a me deitar no meu lençol de fantasia...

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Loneliness


Just feeling lonely...
O vazio é como se você não tivesse mais controle nem sobre sí mesmo. Você ainda consegue ouvir o coração bater, mesmo que não seja no ritmo dos apaixonados. Os enamorados... quão felizes eles são? É o que eu queria aprender... mas quem vai me ajudar? Quem vai fazer eu me perder na loucura novamente?

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

voltando

Olá, gente :3
Eu acho que aos poucos estou conseguindo escrever.
Nada estondeante, mas a minha vida está caminhando para um bom lugar. Pelo menos me faz feliz e não afeta negativamente a ninguém.

Eu estou aqui, firme, talvez não seja forte, mas estou firme.