quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Mais uma falha tentativa de conversar com você. Por que sempre ter o gostinho de arruinar tudo? Quando parece que só depende de mim, e que eu tenho a determinação suficiente pra ir até você, você recua. O que seria? Medo? Privacidade? Seja lá o que for, eu já não me preocupo mais com você. Você faz essas coisas e eu sinto dó, fico mooorreeeendo de peninha de você depois, mas por que? Ou melhor, PRA QUE? Você fala que eu sou egoísta, mas será que você só olha a mim, e não a você? Ah, me poupe desses papinhos inúteis, quando eu quero melhorar as coisas você anda pra trás. Obrigada MESMO por fugir do assunto, obrigada mesmo. Quando o assunto é de importância pra mim, você não tá nem aí. Quem é a egoísta, agora? Tudo bem, você é a 'maioral' aqui, e não é como eu pensei, não depende SÓ de mim. Quando você voltar a realidade, me avise, estarei disposta a resolver as coisas.
---
Oi gente. Ignorem a ignorância (?) de cima.
Quando eu tiver menos estressada, mais calma eu posto algo decente...


Meu dia não teve nada demais.
^^~


Gabriel, eu amo você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário