domingo, 30 de março de 2014

the noise inside my head

Alive - and forced to live
Alive - and no relief 

Eu sou o peso que está dominando sua cabeça.
O peso que te deixa de joelhos, 
O peso que surgiu, se alastrou e tirou toda a sua defesa.
Um peso que te machuca e incapacita cada dia que passa,
te faz chorar e perder todo o tipo de esperança.
Foi fácil entrar aqui, me aproveitar das suas fraquezas,
te dizer coisas que você odeia ouvir, te confundir,
e continuar manipulando você até que se destrua.
Me alimentando nas suas preocupações, 
me fortalecendo nas suas perguntas.
Você é a prisioneira da sua própria mente.
Se machucando e afetando tudo ao seu redor,
te enlouquecendo aos poucos.

Mas também luto contra seu otimismo,
sua vontade de seguir em frente e me ignorar.
e desapareço em meio aos seus sorrisos.
Sumo quando sua coragem aparece.
Tudo depende de você, garota..
No fim, é você quem escolhe seu caminho
e controla as vozes da sua cabeça

Nenhum comentário:

Postar um comentário